N E T S O U R C E

Carregando

ERP

Um ERP, que promove a integração de inúmeros processos de uma organização, pode ser a solução de vários problemas. Entretanto, ainda há várias dúvidas entre os empreendedores com relação a essa ferramenta tecnológica.

ERP é a sigla de “Enterprise Resource Planning”, que significa “Sistema Integrado de Gestão Empresarial”. Resumidamente, é um software corporativo capaz de controlar todas as informações de uma empresa. Integra dados, recursos e processos de diversas áreas, de forma automatizada.

Essa foi uma descrição resumida, porém na prática representa bem mais do que isso. Seguem alguns pontos importantes, quando estiver pensando sobre a aquisição desta ferramenta.

Motivos para adotar um sistema ERP

No início de um negócio, é comum que os controles sejam feitos através de planilhas desenvolvidas para cada processo específico. Porém, conforme o volume de dados aumenta, torna-se complicado fazer um acompanhamento eficaz de tudo. Se cada departamento utilizar uma metodologia diferente, pode haver erros nas informações, o que compromete os resultados.

Uma visão mais ampla e precisa permitirá uma administração bem mais adequada e assertiva. A correta distribuição de recursos, a otimização de diversos processos e o direcionamento dos investimentos são alguns dos fatores que contribuem para isso.

Como funciona e para que serve?

Um sistema de gestão ERP geralmente tem vários módulos, que conversam entre si. É criado a partir de uma base de dados única, que é dividida em módulos, de acordo com os diferentes setores da empresa.

Considerando que as informações são integradas, os processos transcorrem de maneira mais ágil e com menor risco de erros. Isso reduz os problemas de comunicação entre os departamentos, trazendo benefícios a todos.

Essa ferramenta também contribui para a gestão de pessoas. Por exemplo, oferecendo  informações sobre a produtividade de cada pessoa da equipe.

Descomplicando a rotina

O acesso rápido e seguro a todas as informações do negócio simplifica as ações corporativas, mesmo as cotidianas mais complicadas. Já a integração dos dados aumenta a eficiência da gestão e confere rapidez aos procedimentos. Desse modo, a comunicação entre as equipes é mais efetiva, agilizando a resolução de problemas, além de reduzir impasses com clientes ou fornecedores. A conclusão é que um sistema de gestão ERP representa menos desperdícios e custos, maior competitividade e controle de prazos, melhor aproveitamento dos recursos humanos e funcionais, aumento de eficiência e produtividade e, ainda, mais transparência às ações executadas.

Posts Relacionados