Perder documentos importantes para a concorrência pode ser desastroso para qualquer negócio, então é bom ficar atento para assegurar que nada vaze ou atrapalhe a sua atividade.

Atualmente, a troca de dados se dá de maneira rápida, tanto interna quanto externamente — entre parceiros, em realização de acordos etc.

Criptografia

A criptografia é uma maneira de proteger o acesso às informações, caso elas sejam interceptadas.

Imagine que ocorra determinado vazamento importante: códigos complexos que só podem ser lidos por meio de uma chave de código ficarão no lugar dos dados legíveis, impedindo sua leitura ou uso.

Computação em nuvem

A Cloud Computing tem se tornado referência para armazenamento de arquivos e documentos no mercado, tanto pela sua praticidade quanto pela proteção oferecida.

As instalações físicas de servidores e sua segurança são de responsabilidade da empresa prestadora de serviços, então é interessante procurar por uma parceira especializada para auxiliar na migração para nuvem.

Classificação da informação

Outro tema muito importante e de destaque quando falamos em segurança, é entender que o crescimento exponencial dos dados é uma realidade e a complexidade do conhecimento tende aumentar.

Conhece-las e desprezar o que realmente não é valioso, traz uma gama de benefícios, pois se manipula-las de forma correta em apoio à tomadas de decisões é crucial para o controle e aumento de segurança, além do não desperdício de investimento e aumento da eficiência das áreas de negócios.

Classificação da identidade do usuário

Um fatos chave a ser levado em conta na administração de uma empresa é o monitoramento de dados confidenciais.

Infelizmente, muitas vezes a ameaça de vazamento de dados sigilosos vem de dentro da própria empresa.

Seja através de um colaborador mal intencionado ou mesmo de um funcionário que se vê vítima de ataques online, é comum que um conjunto precioso de informações acabem sendo compartilhadas ao bel prazer dos concorrentes.

Por isso é muito importante a utilização de softwares que permitam classificar quem terá acesso a determinado tipo de informação, além de um controle de acessos e registros de atividades dos usuários.  Desta forma você e sua empresa ficam muito mais seguros.

Gostou? Continue lendo: Processos colaborativos: 4 dicas para melhorar a comunicação da equipe